terça-feira, 27 de março de 2012

Megan - Capítulo 18

 
[...]
 Mandy chegou na casa de Alice e a viu de cabeça baixa, sua mão segurava na sua testa e seu cotovelo estava apoiado na mesa. Algo havia acontecido. Ela entrou na casa e com delicadeza disse:

- Hum...senhora Alice? Está tudo bem? - Ela levantou a cabeça e em seu rosto tinha lágrimas
- A! Oi Mandy, é... me desculpe, eu... - Ela falou limpando as lágrimas do seu rosto até ser cortada pela Mandy
- Não, magina... você precisa de ajuda? Sei que algo aconteceu, se você precisar contar, eu estou aqui, mas se não quiser... - Alice nem deixou ela terminar, e aos soluços disse:
-Mandy, meu marido!
- Como?
- Você sabe... ele tava trabalhando em New York, Manhattan, por um tempo, por causa do emprego ele se mudou pra lá.
- Sim eu sei...
- Então, ele, e-ele arranjou outra... ele acabou tudo comigo. - Ela disse e começou a chorar rios.
- Mas como? Ele acabou com o casamento? Mas e a Megan e o Felipe?
- Foi! Eu não sei se ele vai vir visitar eles... Felipe ainda é muito pequeno para entender...
- E a Megan?
- Eu contei para ela, e ela foi pra rua sem dizer nada como sempre, parece que ela nem se importou... Mas eu preciso ir ao trabalho.
- Não é melhor você não ir hoje?
- Não... no trabalho eu esqueço um pouco tudo oque está acontecendo. - Ela falou enquanto chorava mais e mais
- Ok... mas e Megan?
- Ela vai voltar mais cedo ou mais tarde. Como sempre.
- Ok então...bom trabalho - Mandy falou com um sorriso de lado franzindo a testa.
- Brigada Mandy, sério mesmo. - Ela disse e as duas se abraçaram. Alice pegou suas coisas e foi embora.

[...]

 Megan chegou em casa pouco depois de sua mãe ter ido trabalhar. Pegou seu celular que ela tinha esquecido, um agasalho e foi em direção a porta, até que Mandy, olhando a atitude de Megan, lhe perguntou:

- Ei, você vai sair de novo?
- Não, eu estou com uma blusa de frio na mão, abrindo a porta porque sou idiota, - Ela falou ironicamente - aliás, por que você não vai cuidar da sua vida em?
- Por que você não cuida da sua direito, parece que não se importa com a sua família.
-Família? Que família? Você realmente acha que eu tenho uma família? Qual é! - A partir daí ela começou a gritar - A minha mãe passa o dia inteiro trabalhando, e quando chega em casa janta e dorme, só! Quase nunca fica comigo! Ainda mais agora que meu pai arranjou outra! E você acha que ele vai voltar pra cá? Meu pai foi para New York e desde então nem liga pra mim! Ele não quer mais me ver! E você chama isso de família? Agora nada mais importa!
- Nada mais importa? - Mandy disse gritando também e continuou - Sério mesmo que nada mais importa? Você acha que a sua família só se baseia nisso? - Enquanto Mandy gritava, a expressão no rosto de Megan mudava de raiva para "sem expressão" - Megan, meu, acorda! O Peter é um menino que tem um ano e meio! Quando ele precisa do seu pai, ele está em NY, quando precisa da mãe, ela está no trabalho, e quando ele precisa de você, em? Você está fazendo com ele a mesma coisa que os seus pais fazem com você, dá para entender? Dentre 10 palavras que ele sabe fala, uma é Mandy, e o resto são palavras que não existem, tipo gugu dadá! Ele deveria saber falar mamãe, papai, irmã, Megan, maninha... e a única coisa que ele sabe falar, é o nome da babá!
- Desculpa! - Ela falou desesperada - Mas é que...
- Mas é que o quê? Você está ocupada fumando? Eu sinto o cheiro de cigarro Megan!
- EU PAREI TA?! Eu nunca gostei disso!
- Então por que fumava?
- Por causa do meu namorado! Aliás, ex, porque eu disse para ele que eu ia parar de fumar e ele me deu um pé na bunda! - Megan disse e começou a chorar, Mandy intacta, foi em direção a ela e a abraçou.
- Obrigada.
- Olha, que tal você me contar o que realmente aconteceu me ajudando a cuidar do Peter?
- Claro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário